Judd Marriott Mendes in Versus

Eu sou ninguém... e ninguém é perfeito.

Textos


Florbela Espanca foi uma poetisa portuguesa, nasceu em Vila Viçosa em 8 de dezembro de 1894 e faleceu em Matosinhos, 8 de dezembro de 1930, batizada como Flor Bela Lobo, e que opta por se autonomear Florbela d'Alma da Conceição Espanca. A sua vida, de apenas trinta e seis anos, foi plena, embora tumultuosa, inquieta e cheia de sofrimentos íntimos que a autora soube transformar em poesia da mais alta qualidade, carregada de erotização e feminilidade.
Florbela Espanca - Florbela d'Alma da Conceição Espanca ©
Enviado por Judd Marriott Mendes em 10/08/2018

Música: a7 INSTRUM - DescLove Intentions onhecido

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras